Saudações alvi-celestes!

Saudações alvi-celestes! Este blog tem por objetivo mostrar a história, curiosidades, fotos, videos, notícias e tudo que for ligado ao nosso Londrina Esporte Clube, o Tubarão.
Estamos em pesquisa contínua, atualizando dados todas as semanas.
Sinta-se à vontade para entrar em contato conosco:
Colaborações, sugestões, informações: E-Mail: bloglondrinense@yahoo.com.br
Flávio Frim

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Ex-Jogadores: João Neves

Foto: Mário Cesar - Folha de Londrina 
João Neves
Nome: João Batista Neves Araújo
Data e Local de Nascimento: 24/06/1968 – Rio de Janeiro-RJ
Posição: Zagueiro
Times em que jogou:    
              Flamengo (RJ)(base) - 1984-1985
Bangu (RJ)(base) - 1985-1987
Garça (SP) - 1987 - 1989
Cabofriense (RJ) - 1987
Friburguense (RJ) - 1987
Marília (SP) - 1989
Londrina - 1989-1998
Rio Branco (Americana-SP) - 1990
Operário (PR) - 1990-1991/ 1994
Tanabi (SP) - 1992
Matsubara (PR) - 1996
Anápolis (GO) - 1997
Rio Branco (PR)- 1998
Platinense (PR) - 1999
Asahi (PR) - 1999
Portuguesa Londrinense - 1999
Gols pelo Londrina:  13
24/02/1990 - 9 de Julho 2x1 Londrina
22/03/1990 – Londrina 2x0 Toledo
08/04/1990 – Sport Campo Mourão 2x2 Londrina
12/05/1990 – Londrina 2x2 Platinense
25/03/1991 – Juventus 2x2 Londrina
31/03/1991 – Londrina 3x1 Bangu
27/10/1991 – Londrina 1x6 Paraná Clube
03/11/1991 – Sport Campo Mourão 2x2 Londrina
30/01/1992 – Londrina 2x1 Sel. Copa Norte
19/12/1992 – Londrina 1x0 União Bandeirante
31/01/1993 – Londrina 3x1 Apucarana
12/12/1993 – Londrina 5x0 Figueirense
17/04/1994 – União Bandeirante 1x1 Londrina

João Neves, o lendário campeão estadual de 1992
Texto: Eduardo Beluco, Londrix Comunicação: Publicado originalmente em: http://www.planetasercomtel.com.br/esportes/139624/joao-neves-o-lendario-campeao-estadual-de-1992.html
           No país do futebol alguns jogadores se destacam pelos lindos dribles, jogadas inspiradas, golaços e a técnica com que atuam em campo. Já outros se sobressaem  pela raça e vontade nas partidas. Ambos são importantes, há espaço para o que joga bonito e também para  aquele que afasta um lance perigoso “de bico” quando necessário. Para o ex-zagueiro João Batista Neves Araújo (ou simplesmente, João Neves como é conhecido), um carioca que marcou o gol do título estadual para o Londrina Esporte Clube (LEC) em  1992, a virilidade era mais relevante.
         “Os atacantes não gostavam muito, mas eu procurava sempre praticar o futebol força. O zagueiro tem que se impor. Não fugia das minhas características, afinal foi isso que me destacou”, diz o ex-zagueiro.
          João Neves também soube virar herói para a torcida do Tubarão. O ano era 1992, mais precisamente em 19 de dezembro, e o adversário era o sempre aguerrido União Bandeirante. Após duas “batalhas” épicas que terminaram empatadas (0 a 0 e 2 a 2) na “decisão caipira” do Paranaense, veio o terceiro e último jogo. No Estádio do Café, sob os olhares atentos de mais de 30 mil torcedores, eis que surge o “raçudo” João Neves para cabecear a bola para a rede aos 31 minutos da etapa inicial e decretar a vitória alviceleste.
          Ele saiu do banco de reservas - o zagueiro titular e capitão Márcio Alcântara cumpria suspensão naquela partida - para entrar para a história do clube e ficar no coração dos torcedores. João Neves foi o autor do gol que deu o terceiro e mais difícil título estadual  ao Londrina. “O time era um exemplo de profissionalismo e de pessoas competentes. O elenco era forte e se somou a um bom e experiente treinador  [Varlei de Carvalho]”, recorda-se o herói da conquista.
               Com jeito de bom malandro e fã de uma cervejinha,  o xerifão alviceleste  fez o gol do título e na comemoração, por sinal inusitada, correu para a frente da placa de uma determinada marca de cerveja (como estava combinado para destacar a propaganda) e fez o “número um” com a mão direita. Só que o gesto representava naquele tempo  - justamente a bebida concorrente! Resultado, segundo João: acabou se dando  bem com as duas empresas e ganhou sua bonificação.
              João Neves ficou conhecido pela rispidez com que atuava. O ex-zagueiro, junto com outros companheiros, como lembra, não aliviava nas jogadas. Se precisasse chegar firme, lá estava ele. “Se o Neymar jogasse na nossa época certamente a situação seria mais difícil para ele”, admite.








João Neves e Flávio Frim - Janeiro de 2015 em Londrina
Em 1992, João Neves fez o gol que deu o título de campeão paranaense ao Londrina. Veja o vídeo:



É autorizada a reprodução total ou parcial, sem fins lucrativos do conteúdo deste blog, desde que citada a fonte.

Um comentário:

  1. Esse sempre foi um parceirão desde a nossa adolecência em Queimados no Rio de janeiro, hoje eu moro em vitória ES e ele continua em Londrina terra em que realmente se identificou e construiu uma linda família,mais sempre estamos em contato pois a nossa amizade é como irmãos apesar dá distância, Que Deus os protejam em nome do senhor Jesus Cristo!

    ResponderExcluir