Saudações alvi-celestes!

Saudações alvi-celestes! Este blog tem por objetivo mostrar a história, curiosidades, fotos, videos, notícias e tudo que for ligado ao nosso Londrina Esporte Clube, o Tubarão.
Estamos em pesquisa contínua, atualizando dados todas as semanas.
Sinta-se à vontade para entrar em contato conosco:
Colaborações, sugestões, informações: E-Mail: bloglondrinense@yahoo.com.br
Flávio Frim

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Ex-jogadores: Nino


Nino
Nome completo: José Aparecido Pereira dos Santos
Data e local de nascimento:  19/04/1955 - Santo Expedito (SP)
Posição: Ponta-Direita
Gols pelo  Londrina: 11 gols:
02/04/1975 – América (SP) 0x1 Londrina
04/05/1975 – Londrina 6x1 Pinheiros
14/05/1975 – Londrina 3x1 Grêmio Maringá
28/03/1976 – Mourãoense 1x7 Londrina [2 gols]
08/06/1975 – Rio Branco (PR) 3x4 Londrina
04/10/1975 – Umuarama 0x1 Londrina
18/10/1975 – Londrina 2x0 Umuarama
04/12/1975 – Londrina 2x0 Operário (PR)
14/12/1975 – 9 de Julho (PR) 2x2 Londrina
04/04/1976 – Pinheiros 0x2 Londrina
Times em que jogou: Corinthians (P.Prudente-SP) [juvenil],  Guarani  (SP) [base e profissional](1971-1973), Fernandópolis (1974), Londrina (1975-1976), Pinheiros-PR (1977), Rio Branco (AC/1979) e Juventus (AC/1980- 1982).

               Nino começou sua carreira no futebol nas categorias de base do Corinthians de Presidente Prudente em 1970. Em janeiro de 1971 o técnico Zé Duarte o levou para o time juvenil do Guarani de Campinas, onde, em 1973, subiu para o time principal. Nino lembra com orgulho de nessa época ter enfrentado o Santos de Pelé. Em 1974 foi emprestado ao Fernandópolis, voltou ao Guarani e foi emprestado ao Londrina onde jogou entre 75 e 76. De volta ao Guarani, pegou passe livre e se transferiu para o Pinheiros-PR em 1977. Ao mesmo tempo em que jogava futebol Nino se dedicava aos estudos, e em 1976. se formou em Educação Física pela Faculdade Norte do Paraná. Depois que deixou o Pinheiros,  o ponteiro atuou como professor substituto na região de Presidente Prudente e em 1979 recebeu o convite para trabalhar em Rio Branco, capital acreana.  No time do Rio Branco acumulou as funções de atleta e preparador físico, onde conquistou dois títulos e foi artilheiro. Em 1980 foi para o Juventus-AC onde também acumulava as funções de jogador, preparador físico e técnico da equipe juvenil.  Em 1982 encerrou a carreira como atleta e continuou como técnico, dirigindo clubes acreanos como o Internacional, Independência e Rio Branco.


Foto: Folha de Londrina


Foto: Revista da Federação Acreana de Futebol
É autorizada a reprodução total ou parcial, sem fins lucrativos do conteúdo deste blog, desde que citada a fonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário