Saudações alvi-celestes!

Saudações alvi-celestes! Este blog tem por objetivo mostrar a história, curiosidades, fotos, videos, notícias e tudo que for ligado ao nosso Londrina Esporte Clube, o Tubarão.
Estamos em pesquisa contínua, atualizando dados todas as semanas.
Sinta-se à vontade para entrar em contato conosco:
Colaborações, sugestões, informações: E-Mail: bloglondrinense@yahoo.com.br
Flávio Frim

sábado, 27 de outubro de 2012

Ex-Jogadores: Neneca



Neneca
Nome completo: Helio Miguel
Posição: Goleiro
Período no Londrina: (1969-1972/ 1981-1984/ 1987)
Data e Local de Nascimento: 18/12/1947 – Londrina-PR
Falecimento: 25/01/2015
Times do Coração: Londrina E.C. e Santos F.C.

              O ex-goleiro Neneca é um dos grandes ídolos da torcida Londrinense.
     Começou no futebol ainda criança, curiosamente como atacante. Mas em um jogo da Ferroviária, time amador londrinense, Neneca, com a perna quebrada e engessada, foi escalado para o gol.
     Aos 14 anos jogou pela Portuguesa Londrinense. Depois passou pelo São Paulo de Londrina que mudou o nome para Paraná E.C. Com a fusão do Paraná e o Londrina Futebol e Regatas em 1969, Neneca foi para o recém-criado Londrina Esporte Clube.
                   Orlando Fantoni, que havia treinado o Londrina em 1972, chamou Neneca para defender o América Mineiro que fez uma bela campanha no Campeonato Brasileiro de 73, terminando em 7º lugar entre os 40 participantes.
                      Do América, Neneca foi para o Náutico. E pelo time pernambucano o goleiro cravou definitivamente seu nome na história do futebol brasileiro: Em 1974 ficou 1636 minutos sem levar um gol. Isso ocorreu entre os dias 22/08 (Náutico 4x1 América-PE) e 3/11 (Náutico 1x1 Santa Cruz) o equivalente a mais de 18 jogos. Recorde brasileiro e recorde mundial da época. Veio aí o primeiro título do goleiro: Campeão Pernambucano de 1974.
                      Neneca foi então contratado pelo Guarani de Campinas, onde ficou de1976 a 1980. Por lá se tornou campeão brasileiro em 1978, ano em que ficou 778 minutos sem tomar gol pelo Bugre Campineiro.
                  Em 1981 foi pra o Operário de Campo Grande que alcançou o sétimo lugar no Campeonato Brasileiro daquele ano.
                   Ainda em 1981, Neneca voltou para o Londrina e por aqui foi Campeão Paranaense, um título que o Londrina não conquistava desde 1962. Ficou no time até 1984. Jogou ainda pelo Bragantino, Fluminense de Feira de Santana e pelo Votuporanguense em 1986. Em 1987 retornou ao Londrina onde encerrou a carreira. Passou então a defender a seleção brasileira de Masters – modalidade com a qual foi Campeão Mundial!
               Neneca também foi treinador de goleiros e trabalhou no Londrina, Guarani de Campinas e por último na Portuguesa Londrinense em 2009.
                 Após luta contra um câncer, Neneca faleceu em Londrina no dia 25 de janeiro de 2015.
                 Descanse em paz Hélio Miguel, seu nome será sempre lembrado, não só no Londrina, mas em todos os times em que defendeu.











Fontes:
- Arquivo próprio
- Blog do Marcão - http://brfut.blogspot.com.br
- Futebolparananese.net 
- Jornal de Londrina
- Marcelo Dieguez – o historiador – www.marcelodieguez.com.br
- RSSS Brasil: www.rsssfbrasil.com

Colaboraram:
Hélio Miguel “Neneca”
Mário Henrique – Tubarão Osso
James Skroch
Luiz Fernando Evaristo
Reginaldo Aracheski
  
Vídeo:
Compilação com defesas de Neneca pelo LEC entre 1981 e 1984.
Agradecimentos a José Carlos Antão e Sergio Antão

Um comentário:

  1. Que ele esteja com Deus, grande amigo quer perdemos, mas Deus o ganhou como filho. Amém

    ResponderExcluir